Organizador: Carlos Antonio Carneiro Barbosa 

Autores: Carlos Antonio Carneiro Barbosa, Ricardo Bitun, Priscilla Luciane Bastos Oliveira e Marco Túlio de Sousa

Apresentação

(texto de autoria professor Dr. Carlos  Antonio Carneiro Barbosa, p. 18 da obra)

capa do livro Discursividade Pentecostal IINo capítulo 1 “O show deve continuar! A inauguração do Novo Templo de Salomão e o big brother da fé no ciberespaço: a IURD e sua contígua semiose da midiatização”, a partir da análise de um dado dispositivo de midiatização do campo religioso, em especial de uma construção religiosa, o professor Carlos Antonio Carneiro Barbosa constata, ainda em insipiente estágio aquilo que viria a ser o germen de toda uma promissora estratégia empreendida pela IURD, pela qual – quase tornando-se regra – o discurso ou anunciação da igreja passaria a se imbricar com o discurso midiático.  No capítulo 2, “O espetáculo na Plenitude do Trono de Deus”, os professores Ricardo Bitun e Priscilla Luciane Bastos Oliveira empreendem hábito e inédito estudo sobre a igreja Plenitude do Trono de Deus e concluem “que a denominação se utiliza da espetacularização da fé nas suas relações sociais por meio da visibilidade da sua identidade religiosa: na localização do templo, nos produtos religiosos, nos símbolos religiosos e na presença nas redes sociais e mídias”. Em nosso capítulo de número três intitulado “Bênçãos e exorcismos midiáticos: a emergência de pontos de sacralização na programação televisiva da Igreja Universal nas madrugadas”, Marco Túlio de Sousa procede uma arqueologia da ritualística televisiva amplamente utilizada pela Igreja Universal do Reino de Deus, em seus programas exibidos na madrugada. Fontes gestuais católicas e do televangelismo norte-americano são desveladas como alternativa, de fato, bastante pertinente para o entendimento do fenômeno lido, segundo as próprias palavras do autor, “a partir de lógicas não apenas religiosas, mas também midiáticas”.

 

SUMÁRIO

APRESENTAÇÃO 11

CAPÍTULO 1

O show deve continuar! A inauguração do Novo Templo de Salomão e o big brother da fé no ciberespaço: a IURD e sua contígua semiose da midiatização 21

 

Carlos Antonio Carneiro Barbosa

 

CAPÍTULO 2

O espetáculo na Plenitude do Trono de Deus 41

Ricardo Bitun

Priscilla Luciane Bastos Oliveira

 

CAPÍTULO 3

Bênçãos e exorcismos midiáticos: a emergência de pontos de sacralização na programação televisiva da Igreja Universal nas madrugadas 65

Marco Túlio de Sousa

 

Adquira a obra <<<Discursividade Pentecostal II: A voz da mídia é a voz de Deus?>>> acessando o site da Editora Reflexão. Aproveite e conheça outros volume da Coleção Pentecostalismo, organizada pelo professor Carlos Antonio Carneiro Barbosa

mm
Mídia, Religião e Sociedade
O "Mídia, Religião e Sociedade" se dedica à promoção de conteúdo acadêmico sobre o tema Mídia e Religião. Conheça pesquisadores da área, acesse entrevistas, artigos, livros e teses no site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *